Parceira da BMW, TVS pode estar desenvolvendo scooter a hidrogênio

Compartilhar:

A TVS Motor pode estar desenvolvendo uma scooter a hidrogênio, de acordo com informações do site motorradonline. A empresa, que é parceira da BMW, pode ser a primeira a colocar um veículo de duas rodas com essa tecnologia no mercado.

Na Índia, a TVS é a marca que produz as motos de sucesso mundial BMW G 310 R e BMW G 310 GS. Além disso, recentemente, eles assinaram uma extensão e expansão da parceria para desenvolvimento conjunto de novas plataformas e tecnologias futuras, incluindo veículos elétricos, como motos e scooters elétricas.

No Brasil, a TVS é parceira da Dafra e comercializa por aqui a Apache RTR 200, uma ‘naked’ de 200cc mas que possui desempenho de 250cc.

De acordo com o site motorradonline, um desenho de patente vazou e mostra uma scooter elétrica (com a forma da recém-lançada iQube) equipada com dois cilindros de hidrogênio instalados na dianteira, além de uma célula de combustível instalada sob o assento e uma pequena bateria.

scooter a hidrogênio

Com isso, não haverá a necessidade de esperar horas pelo carregamento, bastará apenas abastecer os cilindros e sair acelerando, exatamente como ocorre hoje com modelos à combustão.

Lembrando que o hidrogênio é utilizado para a produção de energia elétrica, ou seja, irá alimentar o motor elétrico geralmente instalado no cubo da roda traseira nas scooters. De modo simplificado, uma reação química entre o hidrogênio e o oxigênio na membrana da célula de combustível divide o primeiro em prótons e elétrons. Os prótons passam pela membrana mas os elétrons tem que seguir outro caminho, gerando a corrente elétrica. No fim, duas moléculas de hidrogênio se juntam à uma de oxigênio, e vira a nossa conhecida água. Portanto, não há poluição neste processo.

Enfim, ainda não há uma confirmação oficial da empresa, mas acreditamos sim que está em desenvolvimento, já que foi assinado recentemente uma parceira com a BMW para tecnologias futuras.

Como é a TVS iQube, utilizada como base para a scooter a hidrogênio

A TVS iQube é uma scooter elétrica com design um pouco mais tradicional mas moderno, com linhas e ângulos definidos e piso totalmente plano.

A versão de entrada iQube conta com velocidade máxima de 78 km/h e autonomia (real, de acordo com a empresa) de 100 km. Já a intermediária iQube S traz a mesma velocidade e autonomia, mas ganha um painel maior, de 7″, com joystick no guidão. Por fim, a topo de linha iQube ST conta com velocidade máxima de 82 km/h e autonomia de 145 km.

tvs iqube scooter elétrica

Todas as versões são equipadas com um motor instalado no cubo da roda traseira, com potência de pico de 4.4 kW e sustentada de 3.0 kW, que permite uma aceleração de 0 a 40 km/h em 4.2 segundos, e uma velocidade máxima de 78 km/h (82 km/h na iQube ST).

A iQube e a iQube S são equipadas com 2 baterias de íons de lítio, que permitem uma autonomia de até 100 km (no modo Eco), e são recarregadas totalmente em aproximadamente 4,5 horas. Já a iQube ST conta com 3 baterias, que permitem uma autonomia de até 145 km. O tempo de carregamento é de 4 horas (2,5 horas no modo Turbo).

No quesito tecnologia, todas as versões contam com painel totalmente digital em TFT colorido com conexão Bluetooth, alerta de chamadas e navegação GPS curva a curva. Como mencionado, na iQube ele é de 5″ e não conta com joystick. Já a iQube S e iQube ST contam com painel de 7″ (touchscreen na iQube ST) e joystick no guidão.

Além disso, elas contam com iluminação Full-LED, rodas de 12 polegadas e freio a disco na dianteira, com sistema de freios regenerativos.

Por fim, o modelo é dotado de Q-park Assist (assistência de estacionamento, para frente e para trás), amplo espaço sob o banco, e uma porta USB para carregamento de Smartphones.

A scooter elétrica iQube é vendida na Índia por Rs. 111.663 e a iQube S por Rs. 119.663 (aproximadamente R$ 8 mil, já considerando os subsídios). Não há previsão de venda em outros mercados.

Enfim, para mais informações, acesse https://www.tvsmotor.com/iqube.

fotos: divulgação

Compartilhar:

Marcelo Souza

Autor, Editor e Administrador do site Moto Elétrica Brasil, formado em Ciências Contábeis, apaixonado por motos tradicionais e elétricas, bicicletas e tecnologia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Logo generated by DesignEvo free logo designer