iFood faz parceira com Voltz e vende EVS Work aos entregadores por R$ 9.999

Compartilhar:

O iFood, uma empresa brasileira de entregas por aplicativos, firmou uma parceria com a Voltz Motors, startup brasileira de motos elétricas, para vender a EVS Work aos entregadores por R$ 9.999.

Além disso, será oferecida uma assinatura de baterias, por a partir de R$ 129 mensais (permite rodar em torno de 2.000 quilômetros). O serviço de trocas de baterias será instalado em postos da rede Ipiranga.

A moto elétrica EVS Work é uma versão mais simples (e própria para o trabalho) da EVS, a moto elétrica mais vendida do Brasil atualmente. Para ficar um pouco mais barata e aguentar o trabalho pesado, ela conta com braço oscilante traseiro convencional, roda traseira convencional com motor instalado no cubo, freio dianteiro com disco simples e painel digital em LCD. Além disso, conta com suporte para baú traseiro de até 20 kg.

A EVS ‘normal’ vendida ao público em geral conta com monobraço oscilante na traseira, roda traseira aparafusada ao conjunto, freio dianteiro com disco duplo, e painel digital em TFT colorido.

evs work ifood

Apesar dessas diferenças, o motor e a bateria são iguais nas duas versões, mas com uma limitação de velocidade máxima na EVS Work: até 85 km/h contra 120 km/h no modelo normal. A autonomia, de acordo com a empresa, é parecida e permite até 180 km com duas baterias.

De acordo com informações, a EVS Work do iFood será vendida apenas aos entregadores parceiros e, pelo menos incialmente, apenas na cidade de São Paulo. Serão instaladas pelo menos 100 estações de recarga e trocas de baterias, priorizando os locais com maior demanda, e espera-se que cerca de 10 mil entregadores estejam com a moto elétrica até o fim de 2022.

O iFood diz que a EVS Work irá proporcionar uma redução de até 70% de gastos com combustível e manutenção, comparando com uma moto à combustão. Além disso, é um veículo que não emite poluição e não faz barulho, e que poderá evitar a emissão de até 30 mil toneladas de CO2 que seriam lançados na atmosfera em um ano.

“Nosso incentivo e auxílio viabiliza a escala para o uso de mais uma opção de modal elétrico aos entregadores, impulsionando o cumprimento do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 13 da ONU, que exige ações contra a mudança global do clima, além de oferecer soluções que compensam financeiramente para as nossas pessoas entregadoras”, afirma André Borges, head de sustentabilidade do iFood.

Enfim, para mais informações sobre a Voltz Motors, acesse https://voltzmotors.com/.

evs work ifood

fonte 1

fonte 2

fotos: divulgação iFood e Voltz Motors

Compartilhar:

Marcelo Souza

Autor, Editor e Administrador do site Moto Elétrica Brasil, formado em Ciências Contábeis, apaixonado por motos tradicionais e elétricas, bicicletas e tecnologia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Logo generated by DesignEvo free logo designer