Honda, Kawasaki, Suzuki, Yamaha e ENEOS criam empresa para compartilhamento de baterias

Compartilhar:

A Honda, Kawasaki, Suzuki, Yamaha e ENEOS estão criando uma empresa, que se chamará Gachaco, para fornecimento de serviço de compartilhamento de baterias intercambiáveis para motos elétricas.

O anúncio, feito no Japão, diz que a empresa será constituída em 1º de abril e que, além de prestar serviço de compartilhamento de baterias intercambiáveis ​​padronizadas para motocicletas elétricas, irá também desenvolver a infraestrutura para esse serviço.

A ENEOS visa contribuir para a realização de uma sociedade orientada para a reciclagem ao construir uma “Plataforma BaaS (Battery as a Service)” para mobilidade elétrica e outros sistemas de reciclagem de baterias. Por meio do BaaS, a ENEOS fornecerá soluções para problemas de mobilidade elétrica amplamente difundidos, como “o incômodo de carregar por muito tempo” e “preocupações com a falta de carga da bateria ao sair”, na perspectiva de um fornecedor de energia.

Por outro lado, em meio a uma crescente conscientização ambiental, a Honda, Kawasaki Motors, Suzuki e Yamaha Motor concordaram com uma especificação comum para uma bateria de motocicleta elétrica intercambiável e estão estudando o estabelecimento de ambientes de compartilhamento para difundir o uso de motocicletas elétricas como mobilidade que é ecologicamente correta e altamente conveniente.

A Gachaco programa lançar o serviço de compartilhamento usando a Honda Mobile Power Pack e:, que atende aos padrões comuns para motocicletas elétricas, até o outono de 2022 (na Ásia e Europa), iniciando por Tóquio e outras grandes cidades do Japão. As estações de troca de baterias, Honda Mobile Power Pack Exchanger e:, estarão localizadas em locais convenientes — como estações ferroviárias — e nas estações de serviço da ENEOS.

No futuro, além das motocicletas elétricas, a Gachaco promoverá o uso de baterias intercambiáveis ​​padronizadas para outras aplicações, como baterias de armazenamento instaladas em estabelecimentos comerciais e residências particulares.

honda mobile power pack mpp

Além disso, as baterias gastas geradas pelo serviço de compartilhamento fornecido pela Gachaco serão coletadas por meio da plataforma de bateria como serviço (BaaS) em análise na ENEOS para uso secundário e terciário e, finalmente, reciclagem para uso cíclico de bateria.

Serviço de compartilhamento de bateria da Honda na Índia

Recentemente a Honda informou que iniciará um serviço de compartilhamento de bateria na Índia em 2022, após os testes de demonstração desde fevereiro de 2021, realizados com um táxi triciclo elétrico.

O serviço consiste no fornecimento do ‘MPP e:’, uma bateria de íon de lítio capaz de armazenar uma grande quantidade de eletricidade, e que pode ser utilizada em uma variedade de dispositivos elétricos, incluindo produtos de mobilidade de pequeno porte como motos, scooters e triciclos.

Um serviço parecido já é oferecido em vários países pela Gogoro, uma das maiores e mais conhecidas empresas do segmento que, além de baterias substituíveis, oferece também scooters elétricas próprias.

MPP significa ‘Mobile Power Pack’, sistema de baterias portáteis e intercambiáveis da Honda, e é uma das iniciativas da empresa para atingir a neutralidade de carbono em seus produtos e nas atividades corporativas em que está envolvida, até 2050.

Enfim, para mais informações sobre a Honda Motos, acesse https://www.honda.com.br/motos/.

fotos: divulgação

Compartilhar:

Marcelo Souza

Autor, Editor e Administrador do site Moto Elétrica Brasil, formado em Ciências Contábeis, apaixonado por motos tradicionais e elétricas, bicicletas e tecnologia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Logo generated by DesignEvo free logo designer