Dia Mundial sem Carro: Tembici é opção para evitar emissão de CO2

Compartilhar:

Celebrado no dia 22 de setembro, o Dia Mundial Sem Carro foi idealizado com o objetivo de promover a reflexão da sociedade com relação ao uso excessivo dos automóveis poluentes.

Segundo dados do relatório da 24ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP 24), atualmente o setor de transportes é responsável por 25% das emissões globais dos gases de efeito estufa.

Neste contexto, iniciativas inovadoras, como é o caso da Tembici, estão ajudando a reverter este cenário no qual o meio ambiente vem sendo tão prejudicado constantemente ao longo dos anos.

Além de cumprirem um importante papel na democratização de espaços nas cidades, as bicicletas também são fundamentais para o meio ambiente e, segundo estudo da empresa, 52% dos seus usuários afirmam que fariam os deslocamentos em modos motorizados se não utilizassem a bicicleta.

Líder de micromobilidade na América Latina, há mais de uma década a Tembici expande o seu serviço de compartilhamento de bicicletas ao mesmo tempo em que atrai mais pessoas a optarem diariamente por um deslocamento sustentável ao invés de veículos poluentes.

De acordo com levantamento da empresa, ser um transporte sustentável aparece no Top 4 de motivos pelos quais as pessoas utilizam a bicicleta compartilhada e mais de 60% das viagens realizadas nas grandes cidades têm distâncias menores que 8 km – ou seja, poderiam ser feitas por meio de veículos não motorizados.

tembici

Com a alta adesão do brasileiro ao serviço, hoje, estima-se que em todos os anos de atuação a Tembici evitou a emissão de 32 mil toneladas de CO2, o equivalente ao oxigênio limpo produzido por mais de 226 mil árvores.

“A tecnologia tem sido ferramenta fundamental na implementação de novos modais sustentáveis e cada vez mais possibilita que a sociedade moderna consiga aliar mobilidade urbana às necessidades atuais. Em 2022, a Tembici seguiu com o crescimento registrado nos anos anteriores e aumentou em 45% o número de viagens na América Latina. Neste Dia Mundial Sem Carro temos muito a comemorar, já que, mesmo com um longo caminho pela frente, a evolução da mobilidade sustentável é real e cada vez mais veremos novos modais implementados ao sistema de transportes compartilhados”, afirma Tallita Marão, coordenadora de ASG da Tembici.

Recentemente, a empresa seguiu por este caminho e inaugurou, no Rio de Janeiro e São Paulo, o novo serviço de bicicletas elétricas compartilhadas – modal que, anualmente, vem aumentando o número de vendas em diversos países, entre eles, o Brasil. As e-bikes compartilhadas já fizeram mais de 2 milhões de viagens nessas cidades, desde o lançamento, – um resultado muito positivo e que destaca a conscientização crescente em torno dos temas abordados pelo Dia Mundial Sem Carro.

“O impacto para as cidades com o uso das bicicletas compartilhadas é inegável, somente em 2022, o uso das bicis evitaram potencialmente mais de sete mil toneladas de dióxido de carbono, dando uma dimensão quanto a como podemos transformar o mundo partindo de pequenas atitudes, como abandonar veículos poluentes, por exemplo”, finaliza Talita Marão.

Compartilhar:

Marcelo Souza

Autor, Editor e Administrador do site Moto Elétrica Brasil, formado em Ciências Contábeis, apaixonado por motos tradicionais e elétricas, bicicletas e tecnologia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Logo generated by DesignEvo free logo designer